Divulgação: curso a distância – Álcool e Outras Drogas

13/06/2016 07:29

O Departamento de Gestão da Educação na Saúde – DEGES/SGTES e a Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas – CGMAD/DAET/SAS, do Ministério da Saúde, por meio do Sistema Universidade Aberta do SUS/UNA-SUS, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), abrem inscrições para a 4ª edição do curso de atualização em saúde mental.

Curso Alcool e Outras Drogas

Divulgação: Oficina Controle do Tabagismo

06/06/2016 07:29

A Oficina Controle do Tabagismo foirealizada na manhã do dia 03 de junho, numa iniciativa do Departamento de Atenção à Saúde da UFSC, em parceria com a UNIMED Grande Florianópolis.

Na ocasião, compareceram cerca de 30 pessoas. Entre elas, o Magnífico Reitor Luis Cancellier e a Pró-Reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Carla Cristina Dutra Burigo.

O evento foi ministrado pela médica Dra. Silvia Cardoso Bittencourt, credenciada pela UNIMED, em alusão ao Dia Mundial sem Tabaco, celebrado em 31 de maio.

Confira as fotos:

Oficina Controle do Tabagismo - fotos

Dia Mundial sem Tabaco

31/05/2016 08:55

Dia mundial sem tabaco

 

  31  DE MAIO – DIA MUNDIAL DE COMBATE AO FUMO

O Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio) foi criado em 1987 pela OMS para alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.
A fumaça do cigarro é uma mistura de aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas diferentes. Sendo prejudicial ao meio ambiente, à ecologia e aos seres humanos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A estimativa é de que um terço da população mundial adulta fume e que até 2030 o tabaco será responsável pela morte de 8 milhões de pessoas. A cada dez segundos um fumante morre no mundo. No Brasil, o tabaco faz, anualmente, 200 mil vítimas.
De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o fumo é o causador de 50 doenças diferentes, destacando-se as cardiovasculares, o câncer e as doenças respiratórias obstrutivas crônicas. Cerca de 90% dos casos de câncer de pulmão tem relação com o tabagismo. Além disso, o cigarro está relacionado à causa de tumores malignos em vários outros órgãos como: boca, laringe, pâncreas, rins e bexiga.
Somado a isso, o não fumante, que convive com o fumante em ambientes fechados, fica exposto aos componentes tóxicos e cancerígenos presentes na fumaça do tabaco. A exposição de crianças pequenas e, especialmente, bebês à fumaça do cigarro dos pais aumenta em 50% o risco deles terem infecção respiratória baixa (pneumonia, broncopneumonia, bronquite, bronquiolite) e em 60% o risco de síndrome da morte súbita infantil.
Em média, fumar diminui em cerca de oito anos a vida de uma pessoa.
Além dos danos à saúde, na cadeia de produção do tabaco existem fatores que afetam o meio ambiente e toda a sociedade, tais como o uso de agrotóxicos, o adoecimento dos fumicultores, desmatamentos, resíduos urbanos e marinhos.
Deixar de fumar em qualquer ponto da vida provê benefícios imediatos e benefícios a longo prazo significativos para a sua saúde e a saúde do planeta. Quanto mais cedo a pessoa para de fumar, maior o benefício.
Ambiente saudável é o ambiente livre do cigarro.

Texto elaborado por:
Dra. Ana Beatriz Cechinel Souza Salvador
Médica Psiquiátrica – DAS/UFSC

 

Fonte: INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER. Programa Nacional de Controle do Tabagismo. Disponível em

http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/acoes_programas/site/home/nobrasil/programa-nacional-controle-tabagismo. Acesso em 24 de maio de 2016.

 

 

Divulgação: Maio Amarelo

13/05/2016 10:37

Maio Amarelo

 Movimento Maio Amarelo

 

A ação chama a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “MAIO AMARELO” estimula você a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.

O problema é mais grave nos países de média e baixa rendas. A OMS estima que 90% das mortes acontecem em países em desenvolvimento, entre os quais se inclui o Brasil. Ao mesmo tempo, esse grupo possui menos da metade dos veículos do planeta (48%), o que demonstra que é muito mais arriscado dirigir um veículo especialmente uma motocicleta nesses lugares.

 

maio_amarelo

Fonte: Site SIASS

 Link: www2.siapenet.gov.br/saude/portal/public/index.xhtml

Divulgação: Dia Internacional da Enfermagem

12/05/2016 09:51

 

Dia da Enfermagem

 

 

Dia Internacional da Enfermagem

 

Também conhecido como Dia Internacional dos Enfermeiros, esta data homenageia o trabalho e contributo dos enfermeiros e enfermeiras para a proteção da saúde nos hospitais.

O trabalho desses profissionais é essencial para garantir a recuperação e salvamento de vidas em perigo, seja nos hospitais ou demais instituições que necessitam da assistência continua de cuidados médicos.

Normalmente, durante este dia são organizadas atividades destinadas aos profissionais de enfermagem, como palestras e discussões que ajudam a potencializar as funções do seu trabalho.

 

Origem do Dia Internacional da Enfermagem

O Dia Internacional da Enfermagem é celebrado mundialmente desde 1965. Porém, oficialmente esta data só foi estabelecida em 1974, a partir da decisão do Conselho Internacional de Enfermeiros.

O dia 12 de maio foi escolhido como homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, considerada a “mãe” da enfermagem moderna.

Florence Nightingale, de nacionalidade inglesa, nasceu em Florença, na Itália. Aos 17 anos, Florence Nightingale, que era cristã anglicana, decidiu ser enfermeira, acreditando ter um chamado de Deus para fazer enfermagem.

Foi na guerra da Crimeia, em que o Reino Unido participou entre 1853 e 1856, que o seu trabalho se tornou mais conhecido e ela foi chamada de “Dama da Lâmpada”, instrumento que usava durante a noite para ajudar melhor os feridos.

Florence Nightingale fundou a primeira Escola de Enfermagem secular do mundo na Inglaterra, em 1860.

 

Dia da Enfermagem no Brasil

O Dia Internacional da Enfermagem passou a ser uma data comemorativa no Brasil em 1938, quando a data foi instituída pelo então presidente Getúlio Vargas.

No entanto, no Brasil é comum a celebração da Semana da Enfermagem, que começa em 12 de maio (com o Dia Internacional da Enfermagem) e termina em 20 de maio (com a comemoração do Dia do Auxiliar e Técnico de Enfermagem).

Fonte: site calendarr

Link: http://www.calendarr.com/brasil/dia-internacional-da-enfermagem/

Divulgação: Decreto amplia duração de licença-paternidade para servidores

05/05/2016 13:24

Licença paternidade

 

Servidores públicos poderão ficar afastados por 20 dias, em vez de cinco.

Servidor beneficiado não poderá exercer nenhuma atividade remunerada.

Foi publicado no “Diário Oficial” da União desta quarta-feira (4) um decreto que amplia a licença-paternidade dos servidores públicos de cinco para 20 dias.

De acordo com a nova regra, a prorrogação da licença-paternidade será concedida ao servidor que pedir o benefício no prazo de dois dias úteis após o nascimento ou a adoção da criança – de até 12 anos completos.

O servidor beneficiado pela prorrogação da licença-paternidade não poderá exercer qualquer atividade remunerada durante a prorrogação da licença-paternidade, segundo o decreto.

O decreto informa ainda que o Ministério do Planejamento poderá expedir normas complementares para execução deste decreto.

 

Empresas privadas

Em março, os trabalhadores de empresas privadas passaram a contar com o benefício. A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que cria a Política Nacional Integrada para a Primeira Infância e que permite, entre outros pontos, que as empresas possam ampliar de 5 para 20 dias a duração da licença-paternidade.

Conforme o texto, a licença paternidade poderá ter mais 15 dias, além dos cinco já estabelecidos por lei, para os funcionários das empresas que fazem parte do Programa Empresa Cidadã. A prorrogação da licença também valerá para os empregados que adotarem crianças.

Fonte: site  G1

Link: http://g1.globo.com/economia/concursos-e-emprego/noticia/2016/05/decreto-amplia-duracao-de-licenca-paternidade-para-servidores.html

Reunião Geral do DAS

05/05/2016 10:13

Nesta quarta-feira (04/05), reuniram-se na sala de projeção da Biblioteca Central da UFSC, os servidores do DAS, para a realização da reunião geral do Departamento. Na ocasião, foram apresentados os dados e atividades realizados nos anos de 2015 e 2016 pela Direção, Coordenadoria e Divisões.

O evento contou também com a presença da Secretária Adjunta da SEGESP e ex-diretora do DAS, Marilza Moriggi, e teve continuidade na Reitoria, onde ocorreu o chá de fraldas da colega e futura mamãe, Fabiana Ely.

Confira as fotos:

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (2)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (1)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (3)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (4)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (5)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (6)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (9)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (7)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (8)

 

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (10)

Reunião Geral DAS - 04_05_16 (11)